Avaliação de riscos psicossociais do trabalho numa instituição particular de solidariedade social

  • Pedro Costa ISLA
  • Hernâni Veloso Neto
Palavras-chave: Riscos Psicossociais, Stress, Fadiga Laboral, Burnout, Serviço Social

Resumo

Os riscos psicossociais relacionados com o trabalho, e seus efeitos adversos sobre a saúde, fazem-se cada vez mais sentir nos locais de trabalho, estejam eles mais ou menos expostos a fatores de riscos. O presente estudo terá como objetivo a avaliação do nível de fadiga, stresse e burnout, bem como as estratégias de coping em situações de stresse dos trabalhadores de uma instituição particular de solidariedade social, nomeadamente nas áreas de Apoio Domiciliário, Assistentes e Técnicos Operacionais do Lar de 3ª idade e Serviço de Ação Social. Para realizar a avaliação de riscos foi utilizado o método MARAT, com adaptação para os riscos psicossociais do trabalho. Os resultados permitiram evidenciar que todas áreas apresentarem um nível de risco elevado por distresse, fadiga laboral depois da jornada de trabalho e exaustão emocional. O que obrigou à proposta de medidas para se corrigir ou pelo menos para controlar os perigos associados a esses riscos.

Publicado
2021-01-24
Secção
Artigos