Condições psicossociais de trabalho de enfermeiros e assistentes operacionais num serviço de internamento hospitalar

  • Carla Grande
  • Hernâni Veloso Neto ISLA-IPGT
Palavras-chave: Fatores de Risco Psicossocial, Enfermeiros, Assistentes operacionais, Saúde no Trabalho

Resumo

As questões psicossociais do ambiente de trabalho têm assumido uma especial e crescente atenção na sociedade atual. Os profissionais de saúde, pelas características do seu trabalho, estão expostos a riscos psicossociais gerados pelas condições laborais, fatores organizacionais e relacionais que enfrentam diariamente, com repercussões a nível do seu bem-estar físico, mental e social. Este estudo tem como objetivo analisar o nível de exposição dos enfermeiros e assistentes operacionais a fatores de risco psicossocial em contexto hospitalar. Para o efeito procedeu-se à aplicação do Questionário de Caracterização das Condições Psicossociais de Trabalho (Neto, 2013), que inclui escalas do COPSOQ. Os resultados sugerem um nível predominante de exposição a fatores de risco psicossocial baixo, em ambos os grupos profissionais, destacando-se algumas dimensões que representam incidência moderada a elevada. Os níveis elevados de exposição ao risco que merecem particular atenção e intervenção foram observados ao nível das exigências cognitivas, influência no trabalho, exigências emocionais e sintomas depressivos.

Publicado
2022-03-15
Secção
Artigos