Análise da sintomatologia e avaliação de risco de LMERT em trabalhadores de uma estação de lavagem manual de automóveis

  • António Marcos Almeida ISLA
  • Manuel Freitas
  • Hernâni Veloso Neto
Palavras-chave: LMERT, Fadiga Laboral, Movimentos Repetitivos, Método ART, Método REBA

Resumo

O presente trabalho tem como intuito avaliar o risco de Lesão Músculo-Esqueléticas Relacionada com o Trabalho (LMERT) resultante da ação de diferentes fatores de risco, em particular, da repetição de movimentos, da sobrecarga física e da postura adotada durante o trabalho em trabalhadores de uma estação de lavagem manual de automóveis. Para tal foi adotada uma abordagem metodológica que contempla a utilização de várias ferramentas, nomeadamente a aplicação de um questionário sobre a Fadiga Laboral e Sintomatologia Músculo-Esquelética (Neto, 2013), do método ART para avaliação das tarefas repetitivas executadas com os membros superiores e do método REBA para avaliação das posturas corporais adotadas pelo trabalhador durante as diferentes fases do processo de lavagem manual de veículos. Os resultados obtidos evidenciam que os trabalhadores apresentam sintomatologias de desconforto corporal ou dor, com maior incidência na zona lombar, dorsal, membro superior e inferior direito, havendo já um caso de impedimento de trabalho nos últimos 12 meses devido à sintomatologia referenciada. A generalidade das posturas avaliadas varia entre um nível de risco médio e alto, evidenciando, assim, um risco de LMERT para os trabalhadores que realizam estas tarefas.

Publicado
2020-02-07
Secção
Artigos