Repensar o papel das Seguradoras na segurança industrial

  • Abel Babo
  • Hernâni Veloso Neto
Palavras-chave: Segurança industrial, seguradoras, seguro, resseguro, subscrição de riscos

Resumo

O investimento em segurança assume um papel essencial, não apenas na produtividade e na qualidade das empresas, mas também na defesa dos direitos sociais dos cidadãos. As empresas estão sujeitas a riscos, em especial as de cariz industrial. Ao longo da história várias têm sido as tentativas de eliminar os perigos ou reduzir os efeitos negativos dos riscos. Uma das formas de o mitigar é através do seguro. O investimento em segurança também se evidencia com o seguro subscrito. O seguro é uma ferramenta de prevenção eficaz, não só na empresa, mas também na seguradora, porque impõe medidas que tendem a ir além das obrigações legais para se controlar as eventuais consequências de um sinistro. Daí que se defenda que é vital que as seguradoras desempenhem um papel mais interveniente e, por conseguinte, ser uma fonte de motivação da indústria portuguesa para ser muito mais cumpridora. No texto vai-se explorar essa visão, argumentando a sua importância e mais-valia social.

Publicado
2018-04-27
Secção
Artigos